Papel de parede a partir de partículas de pedra, o queridinho Stoneplex Sand

Um dia desses fui convidada para um almoço super bacana, promovido pela Villa Batel, para arquitetos, em Curitiba – sim, sou arquiteta de formação, mas hoje só trabalho com fotografia. Durante o almoço fiz uma Live para meu Instagram que rendeu muitas perguntas sobre um tal papel de parede, o maravilhoso Stoneplex Sand. Então decidi escrever esse post.

Fotografia: Bia Nauiack
Cliente: Villa Batel e Eliza Schuchovski
Papel de Parede: StilHaus
Iluminação: Grey House

Conversei com o fornecedor da Villa Batel, a StilHaus, e também fiz algumas pesquisas para poder escrever esse post sobre o Stoneplex Sand.

Entre minhas pesquisas eu colhi essas informações:

O Stoneplex Sand é um papel de parede único, feito com sedimentos de pedra natural. Ele vem de pedreiras de arenito selecionadas.

O trabalho de seleção das pedreiras é manual, com escavação. Esse trabalho manual, artesanal, de avaliação da pedreira é importantíssimo. É somente por esse trabalho minucioso que se verifica a qualidade do arenito.

Nem todas as pedreiras de arenito podem ser usadas, pois dependem da qualidade da pedra, das condições climáticas, da distância de lençóis freáticos, da infraestrutura, logística e também do tempo de formação da pedreira.

Achada a pedreira e a textura, é hora de preparar a parede da pedreira, deixando-a lisa. Depois é aplicada uma camada de adesivo especial no arenito e por fim, um TNT – não é o TNT da papelaria, é um TNT especial para decoração – sobre o adesivo.

Depois de um longo período de secagem, pelo que entendi, até 90 dias, é realizada a retirada desse tecido da parede, incluindo a fina camada de arenito que forma então o belíssimo Stoneplex Sand. Essa superfície é tratada com um primer especial.

Papel de parede Soteplex Sand aplicado na parede, com uma escultura sobre ele, tambémém aplicada na parede.
Fotografia: Bia Nauiack
Cliente: Villa Batel e Eliza Schuchovski
Papel de Parede: StilHaus
Iluminação: Grey House

Por ter uma base de TNT, o Stoneplex Sand é maleável até sua aplicação. Ou seja, ele pode revestir diversos formatos: paredes, colunas, curvas, lareiras, churrasqueiras e até bancadas. Pode ser aplicado interna ou externamente.

Ambiente de estar, com sofá ao fundo, papel de parede Stoneplex aplicado na parede direita da imagem.
Ambiente onde está colocado o Stoneplex Sand
Fotografia: Bia Nauiack
Cliente: Villa Batel e Eliza Schuchovski
Papel de Parede: StilHaus
Iluminação: Grey House
Mobiliário: Montri

A aplicação pode ser feita em materiais existentes, como numa reforma, reduzindo o tempo de obra e gerando muito menos lixo e sujeira que revestimentos como uma pedra comum, que tem uma espessura maior, não é tão leve e não tem toda essa flexibilidade.

:::

Fiquei muito admirada quando conheci o Stoneplex Sand, porque ele lindo demais! Tem a textura da pedra, os veios, as cores. Tudo lindo!

Aqui em Curitiba, o papel especial pode ser encontrado na StilHaus, que fica dentro da Villa Batel.

:::

Você tem alguma sugestão de post com materiais especiais? Escreve para mim que eu quero fotografar e fazer um post!

:::

Mais uma dica boa: A Villa Batel é assessorada pela Prime Comunicação, especializada em comunicação no mercado de arquitetura, interiores e construção civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *